Sexta, 22 Outubro 2021 13:20

Fabricante de motos conclui modernização de unidade na Zona Franca de Manaus

Avalie este item
(0 votos)

 

 

 

Inauguração de nova Fábrica de Motores e reorganização de linhas de produção foram viabilizadas pelo aporte de R$ 500 milhões, com o objetivo de tornar a empresa referência em eficiência produtiva

 

A Honda Motos realizou na última quinta -feira, 21, uma cerimônia para oficializar a entrega de mais uma fase do plano de reestruturação em sua unidade produtiva, localizada em Manaus (AM).
Nessa etapa, foram inauguradas a nova Fábrica de Motores e finalizados os processos de modernização e implementação de melhorias na linha de montagem 2, de onde saem os modelos: CG 160, NXR 160 Bros, XRE 190, CRF 250F


Até então, os processos executados na fabricação dos motores (fundição, usinagem, pintura de alumínio e montagem) não estavam alocados no mesmo espaço físico. Com a mudança, equipamentos foram renovados e linhas produtivas reposicionadas, garantindo mais eficiência logística e preparando a fábrica para o futuro.
As novas instalações também agregam mais conforto aos colaboradores, com ambientes climatizados e amplos, seguindo modernos e rigorosos padrões de ergonomia. Além disso, há um avanço nos indicadores de ecoeficiência da operação, por meio de melhorias como a maior incidência de luz natural, melhor circulação de ar e reaproveitamento de água das chuvas.


O projeto foi viabilizado graças ao investimento de R$ 500 milhões, anunciado em 2019, destinado à modernização da unidade fabril e a adaptação a processos produtivos de maior eficiência em áreas como Fábrica de Motores, Controle de Alimentação de Peças, Montagem de Componentes e Linha de Montagem de Motocicletas.


A fábrica da Honda em Manaus (AM) se caracteriza como o complexo industrial mais verticalizado em produção de motos Honda no mundo e é um dos centros de produção mais representativo das Américas, onde são fabricados desde embalagens metálicas, moldes, tubos estruturais e ferramentas até diversos componentes que integram o produto final como escapamentos, rodas, guidões, chassis e outras peças.
“Ao investir de forma contínua na atualização da atividade produtiva, buscamos oferecer produtos cada vez melhores para os clientes brasileiros e promover um impacto positivo no ambiente de trabalho dos colaboradores que atuam nas áreas fabris. Nossos investimentos na operação de motocicletas reafirmam o compromisso de longo prazo da marca com o Brasil, buscando entregar um valor sustentável aos clientes, colaboradores, parceiros de negócio e toda a sociedade”, afirma Atsushi Fujimoto, Presidente da Honda South America.

45 anos da Honda Motos
O ano era 1971 e, após ganhar a confiança de milhares de clientes nos continentes asiático, europeu e norte-americano, a Honda chegou ao Brasil. No dia 26 de outubro, em um pequeno escritório estabelecido no bairro da Pompéia, na cidade de São Paulo, a empresa deu início às operações da Honda Motor do Brasil Ltda. em solo nacional.


As primeiras motocicletas Honda desembarcaram no porto de Santos (SP), trazendo toda a tecnologia japonesa, que não demorou muito para conquistar o coração dos brasileiros. Logo, as motocicletas da marca foram popularizadas, e se iniciava ali uma trajetória de crescimento não só da empresa, mas também do mercado de duas rodas no Brasil.
Assim, em 1976 a Honda inaugurou sua primeira fábrica brasileira, a Moto Honda da Amazônia, levando para a cidade de Manaus (AM) todo conhecimento global de fabricação, qualidade de produto e visão de negócios da empresa.


“Quando a Honda se instalou em Manaus, iniciou-se um extenso programa de desenvolvimento local. Além da construção de uma fábrica e da atividade fabril em si, houve a capacitação de profissionais, o aprimoramento conjunto com a cadeia de fornecimento e a implantação de projetos para preservação ambiental, contribuindo para o incremento socioeconômico de toda região”, comenta Issao Mizoguchi, atual conselheiro executivo da Honda South America e o primeiro brasileiro nomeado CEO da empresa na América do Sul, cargo que ocupou entre abril de 2014 e março de 2021.


O primeiro modelo produzido pela Honda em solo nacional, a motocicleta CG, também completa 45 anos de existência e é o veículo mais vendido do Brasil. A CG carrega consigo não só a admiração nacional, mas também a história da evolução da motocicleta no país. Pioneira na introdução de tecnologias ao mercado, com melhorias no conforto, segurança e no consumo de combustível, a CG foi a percursora da popularização da mobilidade em duas rodas.


Com a premissa de desenvolver soluções de mobilidade que atendam às expectativas dos mais variados perfis de clientes, a Honda Motos conta com a maior linha de motocicletas do mercado, com modelos que vão desde a Pop, com 110cc, até a GL Gold Wing, com 1.800cc.


Em Manaus, também são produzidos, desde 2001, os Produtos de Força Honda. Atualmente a empresa realiza a produção nacional de dois modelos de motores estacionários e três modelos de motobombas, além de oferecer a importação de roçadeiras, geradores e cortadores de grama. Com aplicações para a agropecuária, construção civil e jardinagem, os Produtos de Força Honda agregam praticidade ao dia a dia das pessoas.